Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Arrelia do Quico

Agora, o Quico, vive noutra Esfera, sem arrelias ... mas, por aqui, todos nós continuamos filhos do Sol e amigos do Quico

Agora, o Quico, vive noutra Esfera, sem arrelias ... mas, por aqui, todos nós continuamos filhos do Sol e amigos do Quico

A Arrelia do Quico




Na Rota de Apolo, como o Vexiloide de Alexandre Grande



Nat2005,28 166.jpg

Eras o gato mais lindo

Tu eras o mais lindo dos gatos. Eras o mais belo companheiro que qualquer pessoa gostaria de ter. Hoje tenho outro companheiro, amigo do coração. A tua Dona diz que foste tu que o enviaste para nós. Parece que o nosso amigo Ticas continua a querer ser tal como tu eras. Eu penso que foste tu e a deusa Bastet que o colocaram no nosso caminho. Ele já esteve no teu sítio e ficas a saber que esta figura de gato, merece, tal como tu mereceste, tudo o que come. Ele tem a mania que é macaquinho e só quer andar ao meu ombro. É uma beleza o nosso Pilantrinhas.


Podem ver aqui todos os Links dos meus Blogs



O Lince Ibérico corre perigo de extinção


Podem ver aqui, o Índice dos Posts da Arrelia do Quico


05
Nov07

Soajo ...

Pilantras - o Quico morreu Quico, Ventor e Pilantras

.... caminho contigo!

 

 

Soajo

 

Estava aqui a apreciar o que o Ventor estava a fazer e verifiquei que estava todo contente a ver as suas montanhas lindas e como o entusiasmo era tanto, fintei-o e coloco aqui as suas fotos sobre Soajo.

 

Soajo caminho contigo

 

Soajo continuamos juntos

 

São fotos que já poderão ter visto, mas aqui apresento-as de outra forma, que me parece mais bonita. Pelo menos eu gosto!

 

Ele disse-me que não se lembra de ter apanhado tanto calor nas ruas de Soajo como em Agosto do ano passado - 2006.

 

Apreciou tudo numa caminhada solitária, numa terra de ruas desertas ou quase, como se estivesse de luto, enquanto, lá fora, muita da sua gente chora pela hora de colocar a vista em tudo aquilo que o Ventor colocou.

 

Os espigueiros, a sua velha escola, a casa do povo, as suas vielas, os seus campos de milho, as suas latadas e mais que tudo, olhar em volta. Olhar em volta e ver tudo o que o Ventor vê. As fraldas das suas montanhas lindas.

 

Vocês nem acreditam como tudo aquilo é lindo. Eu acredito! Eu nunca lá fui, mas acredito, porque acredito no Ventor.

 



O Quico também sonhou ao lado do Ventor. A vida solitária e nefasta dos seus amigos que observava do seu Miradouro, foi sempre, a sua grande arrelia