Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Arrelia do Quico

Somos todos filhos do Sol e amigos do Ventor

A Arrelia do Quico

Somos todos filhos do Sol e amigos do Ventor

quico.jpg

O Quico continua a observar-nos

Ele eras o mais lindo dos meus amigos. Eras o mais belo companheiro que qualquer pessoa gostaria de ter

 

 

 

 

Hoje tenho outro companheiro, amigo do coração, a que vim a chamar Pilantras.

A tua Dona diz que foste tu e a deusa Bastet que o enviaste para nós. Parece que o nosso amigo Pilantras continua a querer  ser tal  como tu eras.

Eu até acho que foste tu que lhe deste instruções para saber conviver comigo. Em muita coisa são muito parecidos. Pelo menos, tudo indica que sim.

Mas tu adoravas animais e ele não. Nunca me esqueço da tua luta para eu salvar o besouro a afogar na água entre os tronquinhos de banmbu


31.07.10

O Gil e o Ventor


Ventor e Quico

Olá, amigos! Olá, Maralhal (como dizia o Quico)!

 

 Eu sou o Gil.

Alguns de vocês já me conhecem do Lugar do Sol.

Como, alguns, também sabem, fui encontrado no Algarve, com cerca de um ano de idade, segundo o Vet disse à minha dona. Fui encontrado sem Bilhete de Identidade, sem CU. É assim não é?

Mas eu pertenço à cidadania animal deste país que dizem ter sido plantado à beira-mar.

A Joana encontrou-me perdido nas ruas algarvias, doente, quase a morrer e, ela, graças ao Senhor da Esfera, às influências do Quico e do Ventor, chorou baba e ranho para que os pais me trouxessem para casa com eles, mas a mãe, que acabou por lhe fazer a vontade, disse-lhe que não tinha onde pôr-me e que, para azar deles e meu, sofre de alergias a gatos. Mas a Joana disse que o Gil seria para levar para a tia Tata.

Assim foi!

A tia Tata (a minha Dona) e o tio Tiago (o meu dono), receberam-me e levaram-me ao Vet. O Vet torceu o nariz, como sempre fazem todos os Vet's e lá me foi tratando como podia. Ainda hoje, para meu azar, eu ando com tratamentos mas, como diria o Quico, que o Senhor da Esfera tem, a seu lado, o Senhor da Esfera colocou-me em boas mãos.

 

Adoro este miradouro que já foi do Quico

Mas sabem a melhor!

Eu vi a minha vida em bolandas!

Só conhecia o Algarve (umas esquinas!) mas, passei a conhecer, também, o Lugar do Sol! Um lugar lindo, num local lindo e, para sorte minha, durante um ano, a minha vida, àparte a minha doença, tem sido uma maravilha. Porém, agora, eu assustei-me mesmo!

Eu já conhecia o ti Ventor e aquela "coisa" linda que foi a Dona do Quico mas, quando os meus donos me disseram que iam fazer uma visita a uma terra chamada Turquia (eu ainda pensei que fosse perto do Algarve), fiquei atormentado! Muito atormentado mesmo!

"Sabes Gil, durante uns dias, vais ficar com o ti Ventor e com a tia Gi"!

«Mas, ...  mas, porquê»?

" Porque, nós, vamos visitar uma terra, muito longe, que os homens já, há muitos anos, chamaram Turquia. E tu, para teu gáudio, vais ocupar, por uns dias, o lugar que foi do Quico, ao lado do Ventor. Está bem"?

 

O Ventor dá-me cabo da cabeça! Quer que eu aprenda tudo num instante!

«Tem de estar. Não tenho outro remédio»! 

«Mas, ... será que o Ventor, que sei ser meu amigo, me tratará tão bem como o Quico»?

"Trata de certeza! O Ventor é gato, como diria a Dasdores, uma senhora da terra dele"!

«Pois eu sei, mas o Ventor, que sei ser meu amigo, sabe que o Quico era o Quico e esta coisa a que chamam gato, chama-se Gil»!

"Pois, mas vais ter de ficar com ele! Se o Ventor e a tia Gi não te tratarem bem, ninguém te tratará"!

E sabem a melhor? Eu saí do Lugar do Sol para outro Lugar do Sol! O lugar onde o Ventor e Apolo se dão muito bem e, onde o Ventor, o Quico e Apolo, estarão presentes para sempre!

Os meus donos, entregaram-me ao Ventor e eu, passei as melhores férias da minha vida!
Vocês imaginam o que é passar uns dias ao lado do Ventor?

Ele é um computador aberto!

 

Tantos patos, pássaros, cisnes, borboletas, libelinhas, ... até cigarras o Quico tinha por aqui! Chiça!!!

Falou-me do Ataturk; falou-me de Solimão (o Magnífico); falou-me das Portas de Viena (o cerco montado pelos turcos do Solimão); falou-me da Batalha Naval de Lepanto (no dia de S. Quintino), no Mediterrâneo, há centenas de anos; falou-me da Antália, na Turquia; falou-me das suas caminhadas ao lado de Alexandre Magno (pela Anatólia), ... de tudo!

Aprendi tanto, estes dias, que vocês nem imaginam!

Se ficasse com o Ventor mais algum tempo e, atendendo às novas tecnologias, ainda ficava como o Quico!

Mas hoje, os meus donos chegaram da Turquia e eu, muito contente por os ter a meu lado mas, com muita tristeza por não continuar ao lado do Ventor e, a ouvi-lo a massacrar-me com tantas coisas, voltei ao Lugar do Sol! E já percebi! Vou ter de ouvir os meus donos, nas peugadas do Ventor, a falar-me daquela terra que o Ventor dizia ao Quico, ser o centro de encruzilhadas de todas as civilizações!

Eu voltarei, Maralhal!


O Quico também sonhou ao lado do Ventor. A vida solitária e nefasta dos seus amigos que observava do seu Miradouro, foi sempre, a sua grande arrelia

29.07.10

Bull Fight? Touradas?


Ventor e Quico

Este post, só tem um objectivo.

Deixar aqui os meus parabéns aos 180.000 catalães que subscreveram a proposta de Iniciativa de Legislativa Popular, em que pediam a proibição das corrridas de touros na comunidade catalã.

Os meus parabéns são extensíveis, como não poderia deixar de ser, a todos os deputados catalães que votaram essa proibição e para aqueles que se abstiveram ou votaram contra, só me resta pedir ao Senhor da Esfera que os ilumine e lhes dê sabedoria para reconhecerem como as passadas com que vão caminhando nesses trilhos sujos que os levam até à realização das touradas, são passadas que degeneram em tudo que a humanidade tem de mau e que se regozijam com o sofrimento de animais nobres que, no mundo actual, jamais deveria acontecer.

Tenho esperança que iniciativas iguais sejam tomadas noutras províncias de Espanha, bem como, em Portugal, onde há gente, e muita, longe, muito longe de atingir a nobreza do touro e do cavalo, animais que participam numa luta de vida e de morte para gáudio de outros animais que se dizem racionais, mas levam as suas vidas a caminhar na senda da irracionalidade plena. 

Para os touros e os cavalos a minha tristeza e os meus lamentos por vê-los a serem levados para lutas que não são as deles, para os tais outros irracionais a minha esperança de os ver retomar os trilhos de gente de bem.

Claro que, pelo que me parece, a Catalunha já não seria uma comunidade aficcionada dessa triste luta levada a cabo por mentecaptos mas, infelizmente, tipos desses existirão sempre em todos os lados. Porém, a única praça de touros activa nesse espaço a que chamam Catalunha, segundo ouvi dizer, será La Monumental, em Barcelona. Tenho esperança que essa praça, venha a ter, de facto, melhor utilidade para toda a Comunidade Catalã.


O Quico também sonhou ao lado do Ventor. A vida solitária e nefasta dos seus amigos que observava do seu Miradouro, foi sempre, a sua grande arrelia