Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Arrelia do Quico

Somos todos filhos do Sol e amigos do Ventor

A Arrelia do Quico

Somos todos filhos do Sol e amigos do Ventor

quico.jpg

O Quico continua a observar-nos

Ele eras o mais lindo dos meus amigos. Eras o mais belo companheiro que qualquer pessoa gostaria de ter

 

 

 

 

Hoje tenho outro companheiro, amigo do coração, a que vim a chamar Pilantras.

A tua Dona diz que foste tu e a deusa Bastet que o enviaste para nós. Parece que o nosso amigo Pilantras continua a querer  ser tal  como tu eras.

Eu até acho que foste tu que lhe deste instruções para saber conviver comigo. Em muita coisa são muito parecidos. Pelo menos, tudo indica que sim.

Mas tu adoravas animais e ele não. Nunca me esqueço da tua luta para eu salvar o besouro a afogar na água entre os tronquinhos de banmbu


09.02.07

A Transumância


Ventor e Quico

Hoje  coloquei no meu Site, mais uma página. Ela resultou de várias conversas do Ventor comigo sobre o pastoreio das gentes de Adrão e de Soajo, pelas suas Montanhas Lindas e especialmente, na Transumância do gado, na segunda metade do séc. XX.

Belezas de sempre

Ela pretende levar até aos filhos de Adrão, pelo mundo, como era a vida de seus avós. Também as gentes das cidades, das quais o Ventor já faz parte há muitos anos, pode ficar a conhecer como era a vida das gentes das aldeias serranas do sistema montanhoso de Soajo e da Peneda.

 

O cortelho ou «Iglo de Pedra», onde os pastores responsáveis pela guarda dos gados, faziam o "caldo de unto" e onde dormiam à noite. Há vários espalhados pelas serras do Norte

Para os interessados em desbravar os viveres das gentes das aldeias nortenhas, eu deixo-vos tudo o que consigo captar das nossas caminhadas sobre memórias.


O Quico também sonhou ao lado do Ventor. A vida solitária e nefasta dos seus amigos que observava do seu Miradouro, foi sempre, a sua grande arrelia