Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

A Arrelia do Quico

Somos todos filhos do Sol e amigos do Ventor

A Arrelia do Quico

Somos todos filhos do Sol e amigos do Ventor

quico.jpg

O Quico continua a observar-nos

Ele eras o mais lindo dos meus amigos. Eras o mais belo companheiro que qualquer pessoa gostaria de ter

 

 

 

 

Hoje tenho outro companheiro, amigo do coração, a que vim a chamar Pilantras.

A tua Dona diz que foste tu e a deusa Bastet que o enviaste para nós. Parece que o nosso amigo Pilantras continua a querer  ser tal  como tu eras.

Eu até acho que foste tu que lhe deste instruções para saber conviver comigo. Em muita coisa são muito parecidos. Pelo menos, tudo indica que sim.

Mas tu adoravas animais e ele não. Nunca me esqueço da tua luta para eu salvar o besouro a afogar na água entre os tronquinhos de banmbu


28.04.05

As maravilhas continuam


Ventor e Quico

O Ventor aproxima-se e eles pedem papinha. Eu também pedia quando era pequeninho e os grandes não me deixavam comer quando o Ventor me dava. Mas estes vivem no seu mundo e diz o Ventor que têm pais, mas eu não tinha. Tiraram-me os meus pais! Ou tiraram-me aos meus pais, não sei. Só que o Ventor ajuda os pais dos melrinhos a fazerem pela vida!

Abr,27-melrinhos.jpg

Melrinhos a tentarem sobreviver

E estes pequeninhos, os pintinhas!? O Ventor ainda não sabe como se chamam, mas diz que há-de saber. Mas são lindos, não são? Ele diz que são pintinhas. Aquilo é uma Babel de pássaros! Cada um tem a sua língua, mas o Ventor diz que quando chega todos se avisam uns aos outros e quando vêm que é o Ventor tudo acalma.

Abr,27-pintinhas.jpg

A beleza dos pintinhas

Será que este ovinho, dos cinco que existiam, não vai dar vida? O Ventor diz que vai saber e depois acaba a maratona dos "pitinhos". Mas irá levando comer para ajudar! Darei notícias deste Maralhal!


O Quico também sonhou ao lado do Ventor. A vida solitária e nefasta dos seus amigos que observava do seu Miradouro, foi sempre, a sua grande arrelia

26.04.05

Uma beleza


Ventor e Quico

Um dia destes, 21 de Abril, o Ventor, descobriu o ninho dos ovinhos pequenos. Não sabe se são de pintassilgo, ou que tipo de pintassilgo, pintassilgo verde, lugre ... mas são iguais. No dia 22 de Abril apanhou mais estes ovinhos de melro, os grandes amigos do Ventor.

 Abr,22-ovmelro.jpg

Ninho de melro com três ovos  

Hoje o Ventor voltou lá e apanhou os filhotes dos seus amigos de bico aberto, mas a fotografia, a única que tirou, só os apanhou deitadinhos porque quando eles abriram o bico e o Ventor ia disparar a bateria pifou! Azar!!!! Olhem que lindos!

 Abr,26-melrinhos.JPG

Os melrinhos filhotes de uns amigos do Ventor   

Agora o Ventor diz que vai ajudar os papás destas belezas a criar os pequeninhos com algumas coisas que ele sabe que gostam. Com esta amizade do Ventor por todos estes bichos, já estou a ficar com ciúmes!


O Quico também sonhou ao lado do Ventor. A vida solitária e nefasta dos seus amigos que observava do seu Miradouro, foi sempre, a sua grande arrelia

Pág. 1/4