A nossa Maria Teresa fez ontem um aninho. Como sempre, o Ventor tirou-lhe uma catrefa de fotos!

 

Jan,11 044.jpg

 

 Jan,11 045.jpg

 

Rabuscar nos boracos É lindo ver as crianças crescerem e fazerem-se gente. Eu só vi crescer a Joana e posso dizer que cresceu ao meu lado até aos cinco anos. Agora, já uma mulherzinha, a escola roubou-ma. Passamos poucas horas juntos por dia e nem sempre, mas continuamos a ser grandes amigos.

 

Jan,11 048.jpg

 

 Jan,11 060.jpg

 

Cicerone dos cantos da casa para o Ventor Ao Tomás e à Maria Teresa só vejo quando vêm cá a casa, mas o Ventor e a minha dona não os perdem por nada sempre que podem.

 

Jan,11 062.jpg

 

 Jan,11 063.jpg

 

Tomás o reguila Ontem houve um bolo. O primeiro bolo de anos da vida da Maria Teresa. Claro que o passarão foi o encanto do Tomás que mal o Ventor entrou lá em casa, disse-lhe logo: “Ventor, temos bolo”!!!! Bolo de anos, claro! Muito gosta a criançada de fazer anos em frente de um bolo. Diz o Ventor que, quando era pequeno, nunca teve nada disso.

 

Jan,11 056.jpg 

O célebre bolo

 

Jan,11 087.jpg

 

A Maria Teresa e a minha dona Estou a escrever sobre o primeiro aninho da Maria, mas não consigo esquecer a tristeza da Sandra ao perder a sua Mónica. O Senhor da Esfera foi muito mau para ela! Que contes muitos anos Maria Teresa, sempre espevitada a observar o Ventor e o seu brinquedo preferido, uma máquina preta.



O Quico também sonhou ao lado do Ventor. A vida solitária e nefasta dos seus amigos que observava do seu Miradouro, foi sempre, a sua grande arrelia


tags:
publicado por Quico, Ventor e Pilantras às 17:55