Este post, só tem um objectivo.

Deixar aqui os meus parabéns aos 180.000 catalães que subscreveram a proposta de Iniciativa de Legislativa Popular, em que pediam a proibição das corrridas de touros na comunidade catalã.

 

Os meus parabéns são extensíveis, como não poderia deixar de ser, a todos os deputados catalães que votaram essa proibição e para aqueles que se abstiveram ou votaram contra, só me resta pedir ao Senhor da Esfera que os ilumine e lhes dê sabedoria para reconhecerem como as passadas com que vão caminhando nesses trilhos sujos que os levam até à realização das touradas, são passadas que degeneram em tudo que a humanidade tem de mau e que se regozijam com o sofrimento de animais nobres que, no mundo actual, jamais deveria acontecer.

 

Tenho esperança que iniciativas iguais sejam tomadas noutras províncias de Espanha, bem como, em Portugal, onde há gente, e muita, longe, muito longe de atingir a nobreza do touro e do cavalo, animais que participam numa luta de vida e de morte para gáudio de outros animais que se dizem racionais, mas levam as suas vidas a caminhar na senda da irracionalidade plena. 

 

Para os touros e os cavalos a minha tristeza e os meus lamentos por vê-los a serem levados para lutas que não são as deles, para os tais outros irracionais a minha esperança de os ver retomar os trilhos de gente de bem.

 

Claro que, pelo que me parece, a Catalunha já não seria uma comunidade aficcionada dessa triste luta levada a cabo por mentecaptos mas, infelizmente, tipos desses existirão sempre em todos os lados. Porém, a única praça de touros activa nesse espaço a que chamam Catalunha, segundo ouvi dizer, será La Monumental, em Barcelona. Tenho esperança que essa praça, venha a ter, de facto, melhor utilidade para toda a Comunidade Catalã.



O Quico também sonhou ao lado do Ventor. A vida solitária e nefasta dos seus amigos que observava do seu Miradouro, foi sempre, a sua grande arrelia


publicado por Quico, Ventor e Pilantras às 18:59