Foi uma semana! Numa semana, o Ventor e o Gil foram companheiros por uns dias.

O Gil matou saudades do Ventor e o Ventor do Gil.

 

Caminhou cá por casa e utilizou, como só os gatos sabem, o Miradouro do Quico.

Daqui observou os velhos amigos do Quico. Os melros (o meu amigo Tobias), os pintinhas (pintassilgos), os pombos, os pardais, os patos, o nosso amigo Pingas, as garças, as rolas turcas, os pombos bravos, as galinhas d'água e, até os gaios foram, por uns dias, companheiros do Gil.

 

 

O Gil e a Camila, companheiros de caminhadas do Ventor

A Camila pensava que era a sua amiga Kindy Cat, mas depois da explicação do Ventor, deixou de chamar Kindy ao Gil e ficaram amigos.

 

Claro que ele, em redor da sua casa, também tem muitos amigos, até coelhos bravos que, segundo me afirmaram, também já aqui foram vistos mas, nem eu e creio que nem o Quico, vimos por aqui coelhos bravos. Já vimos aqui uma cobra mas, coelhos bravos, nunca vimos, cá no jardim. Mas acredito que os tenham visto porque, não muito longe daqui, há coelhos e perdizes, bem como peneireiros, corujas e outros bichos, para além das cigarras e formigas.

 

Foi assim, enquanto os seus donos, com a graça do Senhor da Esfera, caminharam por cidades da Europa, como Dubrovnik, Ravena, Veneza e outras. Eu e o Gil gozamos outros prazeres, aqui junto da porta.

 

Mas sabem a melhor? Acredito que o Gil terá tantas saudades minhas, como eu tenho dele!



O Quico também sonhou ao lado do Ventor. A vida solitária e nefasta dos seus amigos que observava do seu Miradouro, foi sempre, a sua grande arrelia


tags:
publicado por Quico, Ventor e Pilantras às 19:15