Tenho sentido falta das caminhadas do Ventor, aqui nos meus sítios, mas agora ele trouxe-me com ele (em imagem) para tu me colocares aqui e dizer olá à malta da Net. Até digo olá à mouchinha, embora tenha medo dela. É terrível termos de passar a vida a fugir uns dos outros! Sabes que eu já ouvi um bufo real a apanhar um açor ao cair da noite? Eu que já vi açores a apanhar gaios e pombos, ouvi o açor gritar ao ser despedaçado na escuridão pelo bufo.

 Set,19 262.jpg

 

Diz-me que sou lindo! O Ventor ficou todo contente quando me viu voar para ele e ficar frente a ele a apreciar aquele olho grande da máquina. O Ventor nem acreditava no meu atrevimento, mas eu sabia que podia acreditar nele. É que eu consigo voar parado e fiz isso mesmo frente aos olhos do Ventor e da máquina, mas ele estava contra o sol! Eh! Eh! Eh! Havias de ver o Ventor a gritar para o nosso amigo Apolo sair da frente! Só eu é que sei! Uma bicadinha para ti quico e para todos os nossos amigos.



O Quico também sonhou ao lado do Ventor. A vida solitária e nefasta dos seus amigos que observava do seu Miradouro, foi sempre, a sua grande arrelia


tags:
publicado por Quico, Ventor e Pilantras às 10:26