Eu descobri hoje que a Aldora, exactamente hoje, é muito pequenina!

 

Dez,12-016.jpg 

Por isso, roubei uma das flores do Ventor, uma rosa colhida ontem para lhe oferecer e desejar que andemos por aqui muitos anos, na companhia das nossas amigas e amigos, das suas filhotas, Filipa e Mariana, do seu marido, da restante família, do meu amigo Charly e de todos os outros gatinhos, voadores ou não. Muitas felicidades e bjs. Aldora.



O Quico também sonhou ao lado do Ventor. A vida solitária e nefasta dos seus amigos que observava do seu Miradouro, foi sempre, a sua grande arrelia


publicado por Quico, Ventor e Pilantras às 16:45