É mesmo um ZX dos diabos! O Ventor hoje anda todo contente! Ontem era pequeninho, mas hoje já estava muito grande, outra vez. Hoje, foi com o pai da minha madrinha, o dono da minha amiga Tara, tirar o ZX do Quintal (é ele que o arranja) e depois foram aspirar uma catrefa de vidros e lavá-lo. Imaginam que foram lavá-lo ao Tagus Parque?

Claro que não imaginam, mas foram. Aproveitaram para dar uma passeata no nosso preto. O preto, um ZX dos Diabos, saiu do Quintal como um jovem todo pujante. Aquele é como o vinho do Porto. Quanto mais velho melhor. É ele e o Ventor. Mas foi cómico, segundo o Ventor. Imaginam um carro preto, com a porta do condutor azul e a tampa de trás verde.

 

O Ventor diz que essa nem o John Lennon imaginaria. E o preto deu um "show" pelo caminho. Todos olhavam para ele como se fosse um carro caído de uma Nave Espacial! Até deu a sensação de ter passado pelas mãos de Marduk num dia muito mau. Depois o Ventor trouxe-o e deixou-o ficar ao lado do Cinzas Fer! Ficaram lá a conversar um com o outro. O Cinzas mal o viu, disse logo: «então eras tu o tal? Chega-te para lá que até me arrepio todo só de olhar para ti». "Olha, olha - disse o preto - julga-se janota só porque anda de fato novo. Porta-te bem porque a velhice é um posto, ouviste? Apesar de velho ainda sou capaz de te dar uma trepa!

E ..." O Ventor interferiu. "Vamos a portarem-se bem os dois OK"? O Cinzas ia a dizer qualquer coisa, mas o preto atalhou: «com o Ventor não se refila, ouviste? Ainda tens muito que aprender». Diz o Ventor que, se aqueles dois levantam a voz um para o outro e se a minha amiga Mocho os ouvisse, então é que era bonito. Agora o Ventor diz que vai dar um fraque preto novo ao Zx e o cinzas vai ficar cheio de raiva e de inveja. Vai ser bonito, vai! Depois eu contto-vos.



O Quico também sonhou ao lado do Ventor. A vida solitária e nefasta dos seus amigos que observava do seu Miradouro, foi sempre, a sua grande arrelia


publicado por Quico, Ventor e Pilantras às 21:25